quarta-feira, 18 de julho de 2012

CASA FRANÇA OU CASA BRASIL?

Sérgio Cabral realmente não se esquece de Paris. Na segunda-feira em entrevista sobre as Olimpíadas de Londres, o governador trocou o nome do comitê Casa Brasil para Casa França.
As lembranças são irresistíveis...


Cabral passeando de bicicleta em frente à Prefeitura de Paris




noticias.terra.com


Após polêmica em Paris, Cabral chama Casa Brasil de França

16 de julho de 2012 19h50 atualizado às 19h57
Diogo Alcântara


Conhecido "habitué" de Paris, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), cometeu um ato falho nesta segunda-feira ao falar da agenda da delegação brasileira para as Olimpíadas de Londres. Ao mencionar a abertura da Casa Brasil, um centro de referência de divulgação do País e da próxima edição da Olimpíada, que acontecerá no Rio de Janeiro, Cabral se confundiu: "vamos lançar a Casa França". O governador tratou de se corrigir em seguida. "A Casa Brasil, na quinta-feira, dia 26", disse, desconcertado.
Coincidência ou não, o deslize lembra histórias envolvendo o governador e a capital francesa. A mais recente, de abril, é a divulgação de fotos e vídeos pelo blog do deputado federal Anthony Garotinho (PP-RJ). Nas imagens, Cabral e o dono da construtora Delta, suspeita de ligações com o esquema de jogos ilegais comandados pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira, estão aparentemente dançando em frente ao hotel Ritz de Paris. A divulgação causou um mal-estar por insinuar uma relação entre os dois.
No ano passado, enquanto a região serrana do Rio de Janeiro era abalada com excesso de chuvas e deslizamentos, Cabral estava em Paris com a família. Ele só chegou ao Brasil dois dias depois do início da tragédia. A ausência do governador foi criticada na ocasião.
Já no início deste ano, Cabral havia acabado de chegar da França com a família na véspera do desabamento de prédios no centro do Rio. O governador passou seis meses dos quatro anos de seu primeiro mandato no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário