segunda-feira, 3 de setembro de 2012

ALEMÃO USA SAIA PARA APOIAR O FILHO

 por Julieta El-Khouri
 
Isso, sim, é que é apoio e irreverência. Um menino de 5 anos, que gosta de andar de saias, estava sendo discriminado na escola por causa de suas roupas. Seu pai, então, resolveu apoia-lo e sairam os dois de saias passeando pelas ruas da cidade.
Acompanhe.



pragmatismopolítico.com.br
 

Pai usa saia para apoiar filho de 5 anos que gosta de usar vestido

 
Postado em: 30 ago 2012 às 11:15
 

Pai explica que não podia simplesmente abandonar o filho ao preconceito das outras pessoas. “É absurdo esperar que uma criança de cinco anos consiga se defender sozinha, sem um modelo para guiá-la. Então eu decidi ser esse modelo”

 
Um pai alemão começou a usar saias porque o filho de cinco anos gosta de usar vestidos. A história mexeu com um vilarejo tradicional no sul da Alemanha. Niels Pickert percebeu que seu filho gostava de usar vestidos e era ridicularizado por isso no jardim de infância. Segundo Pickert, “usar saia era a única maneira de oferecer apoio ao meu filho”.
 
 
pai saia filho vestido preconceito
O alemão passeia tranquilamente com o filho de cinco anos pelas ruas do pequeno vilarejo. Foto EMMA
 
 
Em uma carta, Pickert explica: “Sim, eu sou um daqueles pais que tentam criar seus filhos de maneira igual. Eu não sou um daqueles pais acadêmicos que divagam sobre a igualdade de gênero durante os seus estudos e, depois, assim que a criança está em casa, se volta para o seu papel convencional: ele está se realizando na carreira profissional enquanto sua mulher cuida do resto”. 
De acordo com o pai, ele não podia simplesmente abandonar o filho ao preconceito alheio. “É absurdo esperar que uma criança de cinco anos consiga se defender sozinha, sem um modelo para guiá-la. Então eu decidi ser esse modelo”. Um dia eles resolveram sair pela cidade vestindo saias. Chamaram tanto a atenção de uma moça na rua que ela, literalmente, deu com a cara em um poste.
De acordo com reportagem do Gawker.com o menino ainda pinta as unhas e de vez em quando pinta as do pai também, e quando os outros garotos começam a zombar dele, a resposta é imediata: “Vocês só não usam saias porque os pais de vocês não usam”.
 
 

Um comentário:

  1. Esse é mais um exemplo de pai ba-ba-ca que acha que para ser pai bonzinho, tem que deixar uma criança de apenas cinco anos decidir tudo o que quer. Vai ser bem feito se quando adulto, portanto com outra cabeça, o filho se revoltar com pai, por este apoia-lo quando criança, num comportamento tão ridículo, que poderá prejudicar sua imagem la na frente. Filhos quando jovem insistem em fazer ca-ga-das, e la adiante por conta das consequencias muitas vezes desastrosas, fazem reclamações do tipo: “- É que minha mãe (ou pai) bem sabia que eu era criança (ou adolescente) e não entendia bem da vida, podiam ter sidos mais duros pra evitar que eu fizesse a burrice que fiz, mas não foram firmes como deveriam”. e isso e aquilo... No caso dessa criança podera no futuro ridicular esse pai i-di-o-ta dizendo algo como: “- Eu era apenas uma criança de cinco anos, portanto não tinha noção das coisas, mas meu pai já era um adulto, e fazer um papel tão ridículo no lugar de me eninar...” JA TENHO PRESENCIADO ALGUNS CASOS DO TIPO NA MINHA VIDA.

    ResponderExcluir